top of page
  • Foto do escritorSalmom Lucas Monteiro Costa

ATI Cáritas realiza pré-teste do Registro Familiar em Governador Valadares e Alpercata

Atualizado: 12 de dez. de 2023

Ação busca testar e avaliar a aplicação do Registro Familiar no Território 4


Após as etapas de elaboração e formação do Registro Familiar (RF), a Assessoria Técnica Independente - Cáritas Diocesana de Governador Valadares (ATI CDGV), do Território 4 (Governador Valadares e Alpercata), deu início ao pré-teste de aplicação do formulário, que será realizada nos dias 11 e 12 de dezembro. 


A iniciativa tem como objetivo testar as perguntas, preparar as equipes, verificar o tempo de aplicação e entender toda a logística de funcionamento. Para isso, foi feita uma amostragem de pessoas atingidas, com estratificação rural, de gênero, faixa etária, entre outras, que reproduz as condições de aplicação para cada perfil de público-alvo. 


Ao todo, o pré-teste do Registro Familiar será feito com 19 núcleos familiares selecionadas previamente. Após a aplicação, a equipe da ATI CDGV fará uma avaliação dos resultados. “Saber do que a gente pode esperar em relação, por exemplo, quando for fazer a aplicação na zona rural, quando aplicar para uma pessoa que tem menor ou maior nível de escolaridade. Até em relação às categorias profissionais também, porque há tempos diferentes de aplicação dependendo da categoria que a pessoa pertença e o nível de danos sofridos. Então o pré-teste vai nos dar um desenho exato, do que podemos esperar na aplicação do RF”, explicou Merly Gonçalves, gerente territorial da ATI CDGV. 


Embora trata-se de um pré-teste, caso a aplicação feita com as 19 pessoas não tenha nenhum prejuízo em relação aos dados coletados, o formulário respondido já irá contar como um Registro Familiar aplicado e fazer parte do universo de 2 mil entrevistas que estão previstas de serem realizadas em todo o território.


Ao todo são 16 profissionais da Assessoria Técnica Independente que estão em campo para a realização do pré-teste. 


Aplicação do pré-teste no Assentamento Barro Azul. (Foto: Alcides Miranda)


Sobre o Registro Familiar


O Registro Familiar é um formulário que tem como objetivo geral coletar informações detalhadas concedidas pelas pessoas atingidas, para registrar os danos e demandas de cada núcleo familiar. O documento foi elaborado em conjunto entre a Cáritas Diocesana de Itabira (Territórios 1 e 2), a Cáritas Diocesana de Governador Valadares (Território 4) e o Centro Agroecológico Tamanduá (Território 5), instituições que promovem Assessoria Técnica Independente na Bacia do Rio Doce.


É importante destacar que o RF não cadastro, mas um instrumento de levantamento de dados amplos e detalhados que deverão ser enviados às Instituições de Justiça, empresas causadoras dos danos, ao Poder Judiciário e aos Governos, para que adotem medidas de reparação que atendam às necessidades das pessoas atingidas. 




Comments


bottom of page